Latam anuncia redução de 30% de seus voos, devido coronavírus


A Latam, companhia aérea sediada em São Paulo, anunciou uma redução de aproximadamente 30% de seus voos internacionais. Por meio de um comunicado oficial, a empresa informou que  o motivo é a baixa demanda e restrições de viagens impostas por alguns governos com o avanço do Covid-19, mais conhecido como “coronavírus”.

De acordo com a companhia,  esta medida será aplicada principalmente para voos da América do Sul à Europa e aos EUA, entre 1º de abril e 30 de maio de 2020.  

“Estamos oferecendo flexibilidade aos nossos passageiros para reprogramarem seus voos conforme as políticas comerciais especiais abaixo. Para demais voos e períodos de viagem, a Latam está avaliando pontualmente cada caso, seguindo as regras do setor e atenta às restrições que as autoridades de cada país determinarem”, declarou. 

Além disso, os governos do Equador, Argentina e Colômbia, Europa, Israel, África do Sul, Austrália, Nova Zelândia e Peru (a partir de 23:59 de 16 de março, por 15 dias) anunciaram que a entrada de estrangeiros estará suspensa por via aérea, marítima ou terrestre.

Como medida para a determinação acima, caso tenha uma passagem internacional para algum desse países,  com voo entre 9 de março e 31 de maio de 2020, a Latam divulgou as seguintes alternativas:

  • Reprogramar uma vez a data do seu voo, sem multas e sem diferença tarifária, para voar até 31 de dezembro de 2020

  • Reprogramar uma vez a data do seu voo, sem multas, mas sujeito à diferença tarifária, para voar depois de 31 de dezembro de 2020

  • Fazer uma alteração de origem ou destino, sem multas, sujeito à diferença tarifária e à validade do bilhete.

  • Reembolsar sem multas seu bilhete e serviços associados, desde que nenhum trecho tenha sido utilizado.  

VOOS INTERNACIONAIS

Para compras realizadas até 05 de março –  Voando entre 13 março a 30 de abril de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo (sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viajar até 31 de dezembro de 2020. 
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Para compras realizadas entre 6 e 12 de março de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo  (sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viagens até 31 de dezembro de 2020. A alteração poderá ser feita até 14 dias antes da partida do voo original
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Para compras realizadas entre 13 e 31 de março de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo (sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viagens até 31 de dezembro de 2020. A alteração poderá ser feita até 5 dias antes da partida do voo original
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

VOOS DOMÉSTICOS

Para compras realizadas até 12 de março – Voando  entre  13 de março  e 15 de abril de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo  (sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viagens até 31 de dezembro de 2020. 
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Para compras realizadas entre 13 e 31 de março de 2020

  • Alterar uma vez a data e/ou destino do voo (sem multa, mas sujeito à diferença tarifária), para viagens até 31 de dezembro de 2020. A alteração poderá ser feita até 5 dias antes da partida do voo original
  • Reembolsos estão sujeitos às regras da tarifa adquirida

Para mais informações, clique aqui para acessar o site da companhia aérea.


Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post