Jalapão: Saiba tudo sobre o destino que tem atraído a atenção dos turistas

Jalapão

O Parque Estadual do Jalapão, localizado no estado de Tocantins, tem atraído cada vez mais a atenção dos turistas e já é considerado um dos principais destinos de ecoturismo no Brasil. Segundo o governo do estado, no ano passado, o parque recebeu 39,466 visitantes, aumento de 14,16% se comparado a 2018. Com diversas cachoeiras, piscinas naturais, chapadões e dunas, a região também se destaca por ser considerada uma das mais preservadas do país.

De acordo com secretária Natália Martins, de 23 anos, que conheceu o parque em fevereiro deste ano, a experiência de visitar o destino é única e proporciona uma imersão cultural com os nativos. “O tipo de turismo é totalmente diferente, principalmente, em relação à cultura. As pessoas estão lá em média há 60 anos, a energia elétrica chegou há pouco tempo, a maioria dos habitantes vive do turismo e do artesanato”, declara a viajante.

No entanto, para vivenciar essa experiência é necessário se planejar, uma vez que o destino não é de fácil acesso. Além disso, por se tratar de uma viagem solo, Natália conta que optou por contratar o serviço de uma agência especializada que conheceu por indicação.

Leia mais: quer viajar sozinha? Saiba como perder o receio e se jogar no mundo!

Quando ir para o Jalapão

Apesar de se tratar de um destino que pode ser visitado em qualquer época do ano, uma vez que o calor é constante na região, a estação chuvosa vai de outubro a abril. De qualquer forma, as águas das cachoeiras e fervedouros são sempre agradáveis e quentes.

Por outro lado, devido à alta movimentação de turistas e limitação de tempo no local, o indicado é fugir de feriados prolongados e período de férias.

Como chegar

Para quem embarca de São Paulo, é possível pegar um voo direto para Palmas, com o tempo médio de 2h 20min. O Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues fica a cerca de 170 km até a primeira cidade do Jalapão. Por isso, se você chegar de noite no local, é indicado que durma em um hotel próximo ao aeroporto e siga viagem no dia seguinte.

“O Jalapão é um Parque Estadual que passa por quatro bases, que são as cidades, de Palmas até a primeira base demorou cerca de 4 horas de viagem. Já até a última cidade, são 6 horas de carro”, afirma Natália sobre o trajeto.

Atrativos

Os atrativos do local refletem um grande espetáculo da natureza. Porém, para conhecer os principais pontos, a viajante conta que requer uma logística já planejada pela agência: para cada passeio é necessário mudar de hospedagem. “Para conhecer o parque inteiro, é necessário dar a volta em torno dele. Como não é possível retornar ao ponto de partida, devido às estradas, cada noite ficamos em um local diferente”, declara.

Conheça os principais atrativos do local:

  • Cachoeira da Formiga

  • Dunas 

      Dunas

  • Lagoa do Japonês

      Jalapão: Lagoa do Japonês

  • Pedra Furada

      Pedra Furada

  • Fervedouros

    Jalapão: Fervedouros

  • Prainha do Rio Novo

    Prainha do Rio Novo

Para  quem optar por não fechar pacote, o pagamento é feito na entrada de cada atrativo, com o preço médio de R$25,00. Além disso, em período de alto movimento, o tempo de visita é de até 20min. No entanto, quando o pico de turistas não é alto, é possível ficar até 40min em cada passeio.

Preservação do Jalapão

Por se tratar de uma das regiões mais preservadas do Brasil, a responsabilidade ambiental dos cuidadores e turistas é de extrema importância. Com isso, é necessário seguir rigorosamente as recomendações do local. Confira:

  • Não entrar com alimentos
  • Não entrar com bebidas
  • Proibido o uso de repelente e protetor solar
  • Não retirar plantas do local
  • Não mexer no cerrado 

Por que fechar com uma agência?

Quando questionada da escolha de fechar diretamente com uma agência, Natália explica a questão da segurança, uma vez que indica a dificuldade de comunicação no local, que não possui uma boa cobertura de sinal para utilização de celulares.

Além disso, para chegar até os atrativos, não existem placas de sinalização e é necessário subir com um carro especifico. De acordo com a viajante, a presença do guia é indispensável para a viagem ser realizada com sucesso e sem riscos extremos.

Por fim, a viajante afirma que a experiência será algo que levará para toda a sua a vida. ” Jalapão, na minha opnião, siginifica natureza, paz e vale muito a pena conhecer”, conclui. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post